Início > Publicações > Página 2
Heranças Familiares

CAFAP 83 – Heranças Familiares

“(…) Parece existir um certo fatalismo em assumir esta ideia de que tudo o que trazemos da nossa família é bagagem, até mesmo a que não queremos e optamos por não lembrar. No entanto, até essa herança, a que recusamos aceitar: “nunca serei como o meu pai!”, “não terei nunca esta forma de agir como […]

regressar à escola

CAFAP 82 – Regressar à Escola

“É provável que já tenha obtido respostas vazias e pouco consistentes como “bem” ou “normal” quando pergunta aos seus filhos como correu o dia de escola. Como resultado os pais continuam sem saber nada, podendo até ficar alarmados com a falta de informação e conhecimento. Foi a pensar nesta lacuna que uma mãe, natural de Omaha, […]

Pais-Amigos

CAFAP 80 – Os “Pais-Amigos”

“(…) Hoje parece haver mesmo uma cultura que defende este tipo de comportamento parental, no entanto, a dinâmica da relação pais-filhos que se cria nem sempre é benéfica. Pais são autoridade, são referência e são exemplo, não são amigos. “

Os afetos na adolescência

CAFAP 79 – Os afetos na adolescência

“(…) A sexualidade e a afetividade são componentes essenciais da intimidade e das relações interpessoais.  No período da adolescência, pode manifestar-se de várias formas, dependendo do modo como a socialização do adolescente se desenvolve. Por norma, o comportamento sexual de um adolescente é construído a partir de modelos e padrões de conduta da família e dos […]

rituais da familia

CAFAP 78 – Rituais da Família

“(…) os rituais familiares contribuem para a identidade familiar, são um modo de dizer “esta é a nossa forma de ser família”; facilitam a transmissão de valores e crenças, reforçam a herança familiar através das gerações; desenvolvem o sentimento de pertença e de estar integrado num núcleo coeso; reforçam os laços familiares, estimulam a comunicação, o carinho e […]

Obesidade Infantil

CAFAP 76 – Obesidade Infantil I – Comer em excesso

“(…) Porque é que as crianças comem em excesso mesmo quando já nem têm fome? Porque é que continuam a comer mesmo quando o corpo já deu sinal de estar cheio de comida? (…) Um corpo que se enche de comida para lá do que necessita e sem respeito pela saciedade, parece procurar preencher-se de […]