Início > Notícias > “Engenheiros Cívicos” e “Jovem Criativo” são exemplo do investimento e confiança do CLDS nas crianças e nos jovens
Notícia_maio.2017 -  CLDS_Engenheiros Cívicos e Jovem criativo são exemplo

No âmbito do trabalho desenvolvido junto de crianças e jovens, o CLDS 3G Coruche Investe tem ativado de forma regular a parceria que mantém com a comunidade escolar de Coruche, nomeadamente no que respeita a duas ações concretas: “Engenheiros Cívicos” e “Jovem Criativo”.

O “Engenheiros Cívicos” é um programa de competências que promove a reflexão sobre a necessidade e o modo de funcionamento dos vários serviços existentes na comunidade, salientando o papel de cada um na construção da sociedade, fomentando estilos de vida saudáveis e de integração social através da estimulação de competências necessárias ao exercício de uma cidadania plena.

Este programa desenvolve-se em horário e ambiente escolar, uma vez por semana e ao longo do 2º e 3º períodos letivos, nas turmas do 4º ano de escolaridade do 1º ciclo do Agrupamento de Escolas de Coruche.

Além da reflexão cívica sobre os serviços necessários para o funcionamento de uma vila/cidade, as crianças terão a oportunidade de construírem uma maquete dessa mesma cidade e finalizarão a atividade com uma visita a um serviço público.

Desde o início do projeto até ao presente momento há a registar a participação de 113 crianças no projeto, distribuídas por 5 turmas do 4.º ano de escolaridade.

Outra população abrangida pelo CLDS são os jovens do concelho que frequentam o ensino secundário, através da atividade Jovem Criativo.

Com o “Jovem Criativo”, numa parceria estendida à NERSANT, pretende-se que em pequenos grupos, os jovens do ensino secundário desenvolvam competências ligadas ao empreendedorismo, adquirindo ferramentas que lhes proporcionem a possibilidade de constituírem um produto/empresa. Serão trabalhadas competências chave para a sua vida profissional

Além do desenvolvimento de projetos empreendedores que decorre na Escola Secundária de Coruche, esta ação conta também com sessões de sensibilização junto da comunidade escolar do referido estabelecimento de ensino e com os alunos da Escola Profissional de Coruche.

No final, alguns dos jovens que participam na ação terão a oportunidade de apresentarem o seu trabalho perante um júri.

No total, desde o início do projeto, foram abrangidos 331 jovens em ações de sensibilização e na concretização de um projeto de empreendedorismo.

Ambos os programas têm como objetivo final a potencialização das capacidades individuais das crianças e dos jovens, assim como o desenvolvimento de competências interpessoais que contribuam para a existência de uma sociedade equilibrada e saudável no futuro. Pelo meio, e do ponto de vista institucional, fica mais um exemplo de como com a parceria entre serviços/entidades se pode fazer mais e melhor junto da população.