Início > Notícias > Redes Colaborativas já são uma realidade em Coruche

A Cáritas Paroquial de Coruche, através do CLDS 3G está a dinamizar a Rede Colaborativa de Coruche.

Esta ação surgiu através da ANIMAR – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local ainda no CLDS+ e pretende promover a colaboração de produtores/as locais de bens e serviços entre si ao nível da inovação, criação, produção, venda e comunicação.

Cada pessoa pode integrar nos seus produtos elementos de outros produtores/as (por exemplo, associando produtores/as de mel, aguardente, fruticultores/as e artesãos/ãs para criar licores, compotas, embalagens e cabazes…). Todos os elementos da Rede Colaborativa podem associar-se a técnicos/as de outras áreas de formação, como por exemplo informática, marketing, publicitários, contabilistas.

Desta forma, a Rede Colaborativa tem como objetivos viabilizar e melhorar negócios; criar rendimento e emprego; fazer um melhor aproveitamento dos recursos locais.

Espera-se que quem participe na Rede, consiga aumentar a participação em feiras/eventos, afim de divulgar os seus produtos, representando assim uma oportunidade de rentabilizar recursos humanos, financeiros, materiais para benefícios económicos futuros.

A participação numa Rede Colaborativa ou numa micro rede não faz com que perca a sua individualidade, o objetivo é a união possibilitando a obtenção de objetivos comuns.

Presentemente, estamos a dinamizar o grupo das redes colaborativas no facebook, promovendo a divulgação de feiras e eventos, bem como a partilha entre os membros das redes. Além disso, já estão constituídas em parceria com o CLDS 3G duas micro-redes que abrangem um total de 6 pessoas, que poderão usufruir também de consultoria especializada em diversas áreas.

Posto isto, caso pretenda impulsionar gratuitamente o seu negócio, contacte-nos!redes colaborativas final_Ana