Início > Notícias > Cáritas de Coruche realiza estudo psicossocial com famílias em acompanhamento
Sem título-4

A Cáritas de Coruche, no âmbito do CLDS+ e em coordenação com outros projetos da Instituição e a CPCJ de Coruche, está a realizar um estudo com o objetivo de compreender a qualidade de vida das crianças/jovens do concelho de Coruche e de perceber qual a sua relação com o bem-estar subjetivo e com o apoio social percebido pelos pais. Prevê-se que os resultados finais sejam apresentados publicamente em junho de 2015 e que representem um importante contributo para o diagnóstico da população com algum tipo de vulnerabilidade psicossocial no concelho.

Intitulado de Saudações a todos quantos querem ser felizes, o estudo dirige-se apenas a famílias que atualmente recebem algum tipo de intervenção psicossocial no concelho. Atendendo a que uma das verdadeiras medidas do estado de uma nação, região ou localidade, está na forma como cuida das suas crianças – da sua saúde e proteção, da sua segurança material, da sua educação e socialização e, do modo como se sentem amadas, valorizadas e integradas nas famílias e sociedades onde nasceram – importa procurar saber não só se as crianças se sentem amadas, valorizadas, especiais e apoiadas na família e na comunidade, mas também se família e comunidade estão a ser apoiadas nesta tarefa. Neste sentido, entre os objetivos específicos do estudo contam-se, por exemplo, a análise do modo como estão relacionados o bem-estar subjectivo dos pais com a percepção de qualidade de vida dos filhos, o apoio social recebido pelos pais com o seu próprio estado emocional, ou a satisfação dos pais com a vida com a qualidade de vida dos seus filhos. Neste momento o estudo encontra-se na fase de recolha da amostra, através de questionários e entrevista a pais/cuidadores e filhos.

Interessada na qualidade de vida e no bem-estar da população local, a equipa técnica responsável pelo estudo acredita que os serviços psicossociais do concelho de Coruche terão hipótese de melhorar a sua intervenção ao conhecerem melhor a população. Assim sendo, espera-se que os resultados finais permitam obter importante informação familiar, psicológica, social e educativa, a qual permitirá criar ou reformular respostas e intervenções psicossociais. Espera-se igualmente que os resultados do estudo contribuam significativamente para elaborar o diagnóstico social de Coruche, em particular, no que se refere à população com algum tipo de vulnerabilidade no concelho.